3 de novembro de 2008

Triste otimismo ou incrível insanidade coletiva?

Conversa recente no msn. Sábias sabidurias do José.


Eu - Hoje não foi um dia bom, não fiz nada de útil.
Zé - Mas pelo menos não foi atropelado. Todo dia que não somos atropelados é um dia bom. E ótimos são os dias que quase somos atropelados.
Eu - Ótimos??? Como assim, por que esses dias são ótimos?
Zé - Porque você só sente realmente que não foi atropelado quando você é quase atropelado.


Zé - Hoje pedalei com ela [1812 Overture de Tchaikovsky], e com Beethoven, o barbeiro de Sevilha, Chopin... foi sensacional.
Eu - Hehehe... preciso fazer mais isso.
Zé - Hum, mas acho que no trânsito de SP precisamos dos 4 sentidos funcionando bem.
Eu - Qual você dispensou?
Zé - O tato. Esse vc só usa quando da merda...


Jênio!!!!!


Caracú com ovo. Primeiro Dia Internacional Chico Bacon.

3 comentários:

José Alberto disse...

Macho mesmo é quem toma a Caracu e não devolve no banheiro.

Marcel Jabbour disse...

Jenial! Mestres do pençamento!

Macho mesmo é que toma guaraná Convenção quente, traça uma coxa creme gelada e não devolve no banheiro.

Abraços, Silvião!

diletra.blogspot.com

meandros disse...

Putz, pedalar com fone de ouvido é bom, mas peligroso. Ouvir o barulho dos carros é ruim, mas é mais seguro.


Chico Bacon é Francis Bacon? Eu conhecia como Chiquinho Torresmo.